quarta-feira, 4 de maio de 2011

SpaceBlooks2011, ArteFórum e outras coisas.

Eis que a semana começa cheia de promessas quase realizadas e projetos.
Finalmente as negociações para a versão 2011 do evento carioca de ficção científica SpaceBlooks vieram a bom termo e conseguimos fechar não apenas dois, mas três dias seguidos na livraria preferida de todos os aficcionados por literatura de gênero, cinema e HQs, que repete este ano a bem sucedida empreitada de 2010, reunindo autores e fãs para mesas redondas e lançamentos de novas publicações.


Elisa Ventura, dona da Blooks, e Toinho Castro, mago das telecomunicações, juntamente com os parceiros da Cultura Inglesa e da Edelman Significa, me permitiram o background para contactar autores daqui e de outros mundos tendo como objetivo ampliar o alcance e o escopo deste que foi um evento que chamou atenção para a produção nacional de FC&F no Rio de Janeiro.

A programação é a seguinte:

Dia 30/05: Mashup de Assis, mesa redonda com Lúcio Manfredi (Dom Casmurro e Os Discos Voadores, Leya) e Pedro Vieira (Memórias Desmortas de Brás Cubas, Tarja Editorial), dois dos autores que ousaram lançar mão de obras do Bruxo do Cosme Velho em romances polêmicos e que mexeram com o panorama literário no final do ano passado falam sobre as gêneses de suas obras.

Dia 31/05: Ficção Científica na TV, palestra com o escritor britânico vencedor do World Fantasy Awards e finalista do prestigiado prêmio Hugo, Robert Shearman, um dos roteiristas responsáveis pela série cult britânica Dr Who. Assisti a uma leitura de Shearman e adorei a maneira como lida com o público.

Dia 1º/06: Lançamento de A Guardiã da Memória, romance de Gérson Lodi-Ribeiro, e da antologia Space Opera, que reúne textos de diversos autores brasileiros sobre naves espaciais, alienígenas e armas futuristas. Os dois livros são publicados pela Editora Draco, de São Paulo.

Mas as novidades não se esgotam em SpeceBlooks 2011. Meu núcleo de pesquisa, NelGraf, sediado na ECO UFRJ, ganhou uma página própria dentro do site da universidade. É um passo importante que nos propiciará voos mais altos num futuro próximo.

Também participarei do ArteFórum da UFRJ, que exibirá exposições, conferências, interferências, performances, intervenções e ocupações, tendo como foco a questão da transversalidade e as intersecções na arte por meio de suas diversas linguagens, como a música, a literatura, as artes plásticas, o cinema, a televisão, o vídeo, a dança e o teatro, bem como pelo uso de suas ferramentas multimídia e das novas tecnologias. Ministrarei uma oficina de HQs, fazendo tiras de três quadros ao vivo e a cores, trabalhando algumas modalidades narrativas, mexendo com representações de tempo e espaço.

Abertura do Fórum será no sábado/04 de junho, às 10h, no Teatro de Arena Carvalho Netto e programação completa aqui!

Também estarei em Leopoldina, MG, em 11 de junho de 2011, no 1º Encontro Leopoldinense de Literatura e Educação, no qual terei a honra de participar com uma pequena introdução à Literatura Fantástica Contemporânea.

Além disso, meus contos “diurnos” O dia em que Vesúvia descobriu o amor e O dia em que Virgulino cortou o rabo da cobra sem fim com o chuço excomungado estão em vias de publicação, o primeiro já saindo na antologia Cidades Indizíveis, organizada por Nelson de Oliveira e Fábio Fernandes, e o segundo acabou de ser aprovado por Gerson Lodi-Ribeiro para sua novíssima antologia Dieselpunk, que dá seguimento à aclamada Vaporpunk, de 2010. Cidades Indizíveis é uma publicação da Llyr Editorial e Dieselpunk sairá pela Draco. Também recebi permissã da Não Editora para republicar meu conto sherlockiano que ganhou boas resenhas na revista Ficção de Polpa, A Aventura do Americano Audaz, em versão competa, sem cortes, em outra antologia que deve pintar por aí (sim, ainda é segredo).

Somando isso à minha participação como membro do  Conselho Científico da 1ª Jornada Internacional de Histórias em Quadrinhos, capitaneada pela ECA USP, à coordenação da V Semana de Quadrinhos da UFRJ, que acontecerá em agosto, e à finalização do álbum em quadrinhos Para tudo se acabar na quarta-feira, em parceria com o ilustrador Manoel Ricardo, posso afirmar que este ano está sendo uma verdadeira jornada nas estrelas.

5 comentários:

gesinha disse...

Há cada dia tenho mais orgulho de ter sido orientada por um cara tão foda! Parabéns teacher!!!

Octavio Aragão disse...

Gerusa, no dia em que você e a Gabi mostrarem do que são capazes, perceberão quem realmente é muito bom. O orgulho é meu de ter conhecido talentos como vocês, o Manoel, o André Wandenkolken, a Lidiane e tantos outros.

Carlos disse...

Grande Tavs, abraços do amigo e fã!

Octavio Aragão disse...

Valeu, parceiro! A admiração é mútua. Ei, que tal uma trilha sonora para uma HQ? Que me diz?

Leonardo Peixoto disse...

Muitos tem notado as referências da adaptação cinematográfica de V de Vingança aos acontecimentos da presidência de George W Bush . Esse vídeo foca nesse aspecto , https://www.youtube.com/watch?v=zLO4fW58PbA .